Capítulo sobre polissacáridos de microalgas marinhas publicado em livro da Springer Reference

O capítulo de revisão foi elaborado pelos investigadores Filomena Raposo, Alcina Bernardo e Rui Morais. Depois de uma breve introdução acerca dos tipos gerais de biopolímeros produzidos por microalgas marinhas e cianobactérias, este capítulo começa por apresentar as espécies destes microrganismos, bem como os tipos de PS que produzem e a respetiva composição química; segue-se a produção de PS e o efeito biológico de compostos específicos; referem-se as propriedades físico-químicas desses PS, enquanto influenciados pela composição e pela estrutura química e, abordam-se as propriedades reológicas relevante para as suas funções e o seu comportamento. A bioatividade de PS e as suas aplicações são, seguidamente, apresentados, incluindo aplicações terapêuticas, com base nas atividades antivirais e antibacterianas, as propriedades antioxidantes, as características anti-inflamatórias e imunomoduladoras, a atividade anti-tumoral, e as propriedades anti-lipidémicas e antiglicémicas, entre outras. O uso potencial de PS a partir de microalgas marinhas por si só ou incorporados em alimentos funcionais também é descrito. Os mecanismos subjacentes às atividades antivirais e antibacterianas são explicados. Os aspetos relativos à toxicologia e à segurança são também considerados, e há uma breve menção à biodisponibilidade de PS a partir de microalgas. O capítulo termina listando alguns estudos pré-clínicos com este tipo de polímeros.
Os editores do livro são Ramawat, K. G. e Merillo, J.-M . Veja o livro online em springer.com.

Partilhe/Share