Escola Superior de Biotecnologia assinala o Dia Internacional do Microrganismo

Escola Superior de Biotecnologia junta-se à iniciativa da Sociedade Portuguesa de Microbiologia no lançamento da 2º Edição do Concurso de Comunicação de Ciência em Microbiologia 2020

Em comemoração do dia internacional do microrganismo de 2020, a Sociedade Portuguesa de Microbiologia lança hoje a 2º edição do concurso “comunicação de ciência em microbiologia”. O concurso tem como objetivo promover a comunicação de áreas de trabalho e tópicos de atualidade na área da microbiologia de uma forma concisa, clara e atrativa, através da apresentação de uma imagem e respetivo resumo explicativo. Mais informações sobre a iniciativa disponível aqui.


 

Quem diria que um dia todos iriamos ser aprendizes de Microbiologia?

“Hoje é o dia Internacional do microrganismo! Uma homenagem ao curioso Anton van Leeuwenhoek que no século XVII apostou na engenharia de lentes para espreitar o mundo invisível!”

Excerto do artigo de opinião de Célia Manaia, docente e investigadora na Escola Superior de Biotecnologia da Universidade Católica Portuguesa, publicado a 17 de setembro de 2020 no Público online [artigo na íntegra disponível aqui]


 

Como seria o mundo sem micróbios?

O mundo sem micróbios seria um mundo com menos vida. Basta pensar na origem do oxigénio indispensável à vida de muitos seres vivos. Quando perguntamos a alguém de onde vem o oxigénio que respiramos, a resposta mais comum é que este é produzido pelas árvores e outras plantas terrestres.  A resposta está correta mas  está muito incompleta. Há uma outra fonte de oxigénio muito importante – os microrganismos, mais especificamente as algas marinhas. Há até quem defenda que os oceanos produzem mais oxigénio do que as florestas. Não nos podemos esquecer que cerca de 70% do nosso planeta é coberto por água onde habitam grandes massas de algas microscópicas que produzem oxigénio. Uma boa parte deste é libertado para a atmosfera.

José António Couto, docente e investigador da Escola Superior de Biotecnologia


 


Barrica de Vinho do Porto contaminada com Lactobacillus 
(foto microscopia electrónica).

Bactérias de degradação do Vinho do Porto aderidas à superfície interna de barricas usadas no envelhecimento do Vinho do Porto


 

Rita Reis Zickermann [estudante do 1º ano da licenciatura em microbiologia]


 


 

Hoje, dia 17 de setembro, é o dia Internacional do Microrganismo!

“Apesar da sua aparente simplicidade, muitos microrganismos são verdadeiros canivetes suíços com múltiplos componentes que podem ser utilizados para os mais diversos fins.”

Excerto do artigo de opinião de Célia Manaia, docente e investigadora na Escola Superior de Biotecnologia da Universidade Católica Portuguesa, publicado a 17 de setembro de 2019 no Público online [artigo na íntegra disponível aqui]

 

Partilhe/Share