Fome escondida: o que é e como combatê-la

A fome escondida não resulta da falta de alimentos, mas sim da falta de alguns nutrientes essenciais que estão presentes nos nossos alimentos em quantidades minúsculas.

Trata-se de uma deficiência crónica em vitaminas e minerais, cuja carência muitas vezes não leva a sintomas visíveis no nosso corpo mas cujas consequências podem ser graves, levando mesmo até à morte. As vitamina A e D, o ferro, o zinco, o iodo e o ácido fólico são alguns dos micronutrientes mais frequentemente em falta na nossa dieta.

Para combatermos a fome escondida devemos consumir alimentos ricos nestes nutrientes, tais como os vegetais, as frutas e as leguminosas ou até carne e peixe, evitando sobretudo alimentos processados ou refinados, e portanto, empobrecidos.

 

Nota: Este texto faz parte de uma coletânea de divulgação científica redigida pelos docentes e investigadores da Escola Superior de Biotecnologia, não representando necessariamente a opinião da instituição.

Partilhe/Share