Primeiro dia no novo Edifício de Biotecnologia

A manhã de segunda-feira, dia 18 de março, foi histórica. O novo edifício do campus Foz recebeu os seus primeiros membros: a equipa do projeto Alchemy, que integra investigadores da Amyris Portugal e da Escola Superior de Biotecnologia.

A Presidente do Centro Regional do Porto, Isabel Braga da Cruz, deu as boas-vindas aos presentes e realçou a importância deste dia para a Universidade Católica Portuguesa que coloca a investigação e a internacionalização como um ponto determinante da Universidade. A transição da Escola Superior de Biotecnologia, do campus Asprela para o campus Foz, permitirá uma interligação das várias áreas do saber num só campus, com a possibilidade de endogeneização de todas as suas culturas e mundividências.

Isabel Vasconcelos, Diretora da Escola Superior de Biotecnologia, salientou, no seu discurso de boas-vindas, que a existência do novo edifício significa a concretização do valor que a Escola criou ao longo dos anos: seja na Educação, na Investigação, mas também na transferência de tecnologia e interligação com as empresas.

Manuela Pintado, Diretora do Centro de Biotecnologia e Química Fina (CBQF) e coordenadora do projeto Alchemy, reiterou que o novo edifício “significa o valor que o nosso centro de investigação conquistou na área da biotecnologia. Hoje começa a ser ocupado pelo projeto Alchemy, ao qual daqui a alguns meses se vai juntar a restante comunidade do CBQF e da ESB”.

Durante a tarde, já nas novas instalações, houve tempo para uma Conference call com John Melo, CEO da empresa parceira do projeto Alchemy - Amyris, que elogiou este passo tão importante e desejou muitas felicidades a todos, reforçando a confiança em cada elemento ali presente, sendo cada um essencial para atingir bons resultados. John Melo prometeu também que em breve irá conhecer as novas instalações.

Num brinde emotivo com a equipa, Manuela Pintado reiterou: “Para nós é um dia de festa e de alegria porque podemos, acima de tudo, continuar os nossos objetivos num edifício com melhores condições, melhor ligação à comunidade do Centro Regional do Porto e ainda com mais abertura ao exterior e à internacionalização, com uma parceria ao mundo empresarial que muito nos honra”.

O Edifício de Biotecnologia será oficialmente inaugurado no início do próximo ano letivo, sendo que as mudanças da Escola Superior de Biotecnologia do campus Asprela para o campus Foz irá ocorrendo ao longo dos próximos meses.

Março de 2019

 

Partilhe/Share