Na ESB contaram-se histórias de encantar sobre micróbios

No dia em que se celebrou o Dia Internacional do Microrganismo, a Escola Superior de Biotecnologia recebeu especialistas e estudantes para o evento “Micróbios e histórias de encantar”. A sessão, dirigida a estudantes, investigadores e, sobretudo, à comunidade, mostrou como os micróbios influenciam a vida e como é importante levar a ciência até cada cidadão. “Microbiologia para todos, os segredos de uma boa comunicação” foi o tema do primeiro painel deste evento, que contou com o debate de ideias de José Manuel Azevedo, especialista em comunicação de ciência e docente da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, e Tim Hogg, especialista em microbiologia e docente da Escola Superior de Biotecnologia, sob moderação de José António Couto (docente da mesma instituição).

O segundo painel contou com a participação de jovens investigadores, que apresentaram histórias de encantar, por quem as sabe contar. Os temas foram sugestivos: “Um amor para a vida toda: árvores e fungos” (por Francisca Reis); “Dador universal” (Raquel Silva); “Influência da microbiota no nosso sistema nervoso” (Tiago Ribeiro da Costa); “Os micróbios das nossas mãos” (Ana Sofia Soares); “Ao ataque às feridas infetadas” (Sara Batista da Silva); e “O labor dos micróbios na limpeza de esgotos” (por Ana Oliveira).

O evento integrou, ainda, a apresentação do novo concurso nacional “Comunicação de Ciência em Microbiologia”, promovido pela Sociedade Portuguesa de Microbiologia.

Setembro 2019

Partilhe/Share