Prémio para melhor poster no 1º Congresso Ibero-Americano de Péptidos Bioativos

Sara Cunha, bolseira de investigação da Escola Superior de Biotecnologia da Universidade Católica Portuguesa, sob orientação da investigadora Manuela Pintado, conquistou o prémio de melhor poster na primeira edição do Ibero-American Congress on Bioactive Peptides (CIAPep). Este trabalho foi realizado em parceria com a empresa Allmicroalgae no âmbito do projeto VALORMAR - Valorização integral dos recursos marinhos: Potencial, inovação tecnológica e novas aplicações, financiado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER), através do Programa Operacional Competitividade e Internacionalização (POCI) (POCI-01-0247-FEDER-024517).

O Congresso decorreu entre os dias 3 e 5 de dezembro de 2019 no Instituto de Tecnologia de Alimentos (Ital) em Campinas (São Paulo), Brasil. O CIAPep teve como foco os avanços e novidades na área dos péptidos bioativos, mostrando o potencial de diversas matrizes como fontes de péptidos bioativos bem como novos métodos de extração dos mesmos. Os péptidos bioativos são inertes enquanto estão integrados em proteínas, tornando-se ativos quando quebrados. O trabalho apresentado focou-se a obtenção de péptidos bioativos da microalga Nannochloropsis oceanica, de modo a valorizar este recurso marinho e permitindo a criação de produtos com valor acrescentado para comercialização. Estes péptidos extraídos podem ser aplicados em diversas áreas de interesse, nomeadamente formulações para alimentos funcionais ou ainda nas indústrias biomédica, cosmética e farmacêutica.

 

 

 

 

Partilhe/Share