SCOTOMA CINTILANTE + DISFORMIA | Jonathan Uliel Saldanha

09.04.2019 19:30

Ao clicar aqui, o conteúdo irá ser traduzido pelo Microsoft Translator.
By clicking here, the content will be translated by Microsoft Translator.

09.04.2019 19:30 SCOTOMA CINTILANTE + DISFORMIA | Jonathan Uliel Saldanha Link: http://www.esb.ucp.pt/pt/node/

Como Chegar / How to Arrive
Universidade Católica Portuguesa - Porto
 
 
Imagem: Jonathan Uliel Saldanha/ Ricardo Megre
 
 
09 abril 
 
19:30h
SCOTOMA CINTILANTE
(Performance)
Auditório Ilídio Pinho 
 
20:30h
DISFORMIA
(Inauguração)
Sala de Exposições
 
Um projeto de Jonathan Uliel Saldanha
 
Edifício das Artes
Universidade Católica Portuguesa- Campus Foz
Rua Diogo Botelho, 1327 4169-005 Porto
 
 
Resultado de uma residência artística desenvolvida na Escola das Artes desde janeiro de 2019, Jonathan Uliel Saldanha apresentará, no dia 9 de abril, a performance “Scotoma Cintiliante”, no Auditório Ilídio Pinho, e a exposição “Disformia”, na Sala de Exposições da Escola das Artes. A performance está integrada também na celebração dos 40 anos o Centro Regional do Porto da Universidade Católica Portuguesa e na programação da bienal BoCA (Biennial of Contemporary Arts).
 
O trabalho do artista, desenvolvido a partir da Paixão de Cristo, é uma peça para coro misto de cegos e partitura gráfica tridimensional. A superfície de uma máquina-escultura é a matéria inanimada que opera a mutação sobre a voz no tempo. Partindo de uma mundivisão onde a relação táctil com a matéria inanimada é a fonte primordial da construção do som, este concerto-performance inscreve-se entre matéria e anima, pré-linguagem e superfície, operando a intercepção de quatro eixos distintos: o aparelho vocal humano; a mediação de uma linguagem háptica; a refração como mecanismo tático de mutação e rematerialização do tempo; e a camuflagem da palavra pela voz. 
 
Na Sala de Exposições, Saldanha apresenta uma memória do processo artístico que desenvolveu durante a residência. 
 
 
JONATHAN ULIEL SALDANHA
Jonathan Uliel Saldanha é um construtor sónico e cénico que trabalha na intereceção do som, do gesto, do palco e do filme. É fundador do coletivo SOOPA, co-fundador da editora SILORUMOR, uma das partes do duo FUJAKO e diretor dos HHY & The Macumbas. Em novembro estreou a peça SØMA na Culturgest Lisboa, e em 2017 as instalações de vídeo e som AFASIA TÁTICA, na Culturgest Porto, e ANOXIA, na Bienal Ano Zero em Coimbra. Co-criador das peças de palco BOCA MURALHA, SHARK, REI TRILOGY e encenador das peças JUNGLE MACHINE, KHORUS ANIMA, O POÇO e OXIDATION MACHINE apresentadas em espaços como o Museu de Serralves, o Accès(s) Festival, o Teatro Municipal Rivoli e o Palais de Tokyo, Paris.
 
 

Música Analítica 2019 > Porto International Symposium on the Analysis and Theory of Music

21.03.2019 09:00 — 23.03.2019 20:00

Ao clicar aqui, o conteúdo irá ser traduzido pelo Microsoft Translator.
By clicking here, the content will be translated by Microsoft Translator.

21.03.2019 09:00 23.03.2019 20:00 Música Analítica 2019 > Porto International Symposium on the Analysis and Theory of Music Link: http://www.esb.ucp.pt/pt/node/

Como Chegar / How to Arrive
Universidade Católica Portuguesa - Porto

 

 
Música Analítica 2019:
Porto International Symposium on the Analysis and Theory of Music
 
Escola das Artes - Universidade Católica Portuguesa
Porto, Portugal: Março 21–23, 2019
 
WEBSITE: HERE
 
 
INFORMAÇÃO GERAL 
 
O Centro de Investigação em Ciência e Tecnologia das Artes (CITAR) da Escola das Artes, Universidade Católica Portuguesa, organiza o simpósio Música Analítica 2019: Simpósio Internacional em Análise e Teoria da Música, a ocorrer no Campus da Foz, Porto, de 21–23 de Março, 2019.
 
O simpósio promove a noção de música como análise e análise como música—uma glosa da expressão “música analítica”—argumentando que os nossos modos discursivos de análise não estão fora da música, nem são apenas um complemento enriquecedor que lhe adicionamos, mas antes são integrais à forma como experienciamos, concebemos, e exprimimos a música. Em suma, a análise (implícita ou explícita) está implicada no modo em que enquadramos, processamos, e construímos o tempo e som (incluindo aspectos como o gesto ou a experiência comunal) em/como música.
 
A temática do simpósio é abrangente e inclusiva, esperando receber propostas com uma variedade de perspectivas sobre análise e teoria musical (especulativa, prática, histórica), ou que possam estabelecer intersecções com disciplinas como história, composição, teoria crítica, etnomusicologia, performance, artes sonoras, matemática, ciências cognitivas e tecnologias. Além disso, são particularmente encorajadas abordagens pedagógicas que explorem as implicações metodológicas e sociais da análise musical.
 
Refletindo o âmbito do encontro, o simpósio contará com os seguintes oradores principais:
 
Richard Cohn (Yale University)
Judit Frigyesi (Bar-Ilan University)
Sílvio Ferraz (Universidade de São Paulo)
John Rink (University of Cambridge)
 
__________
 
Organização Organizing Committee
José Oliveira Martins (CITAR-EA/Universidade Católica Portuguesa)
Sofia Serra (CITAR-EA/Universidade Católica Portuguesa)
Daniel Moreira (CITAR, ESMAE/Instituto Politécnico do Porto)
Paulo Perfeito (CITAR, ESMAE/Instituto Politécnico do Porto)
Telmo Marques (CITAR, ESMAE/Instituto Politécnico do Porto)
 
 

 

Arte & Ecologia | Musical Performance · John Rink

21.03.2019 18:00

Ao clicar aqui, o conteúdo irá ser traduzido pelo Microsoft Translator.
By clicking here, the content will be translated by Microsoft Translator.

21.03.2019 18:00 Arte & Ecologia | Musical Performance · John Rink Link: http://www.esb.ucp.pt/pt/node/

Como Chegar / How to Arrive
Universidade Católica Portuguesa - Porto
Arte & Ecologia
Aulas Abertas
Auditório Ilídio Pinho · 18H
 
 
21 MAR | Musical Performance
John Rink (musicólogo)
 
Na performance musical, o gesto artístico é relevante para uma individualidade da expressão e para a música que daí se obtém. Nesta palestra, também integrada na conferência Música Analítica 2019: Porto International Symposium on the Analysis and Theory of Music, o musicólogo e intérprete John Rink irá mostrar como poderá haver uma decisão "ecológica" dos artistas, e também no que diz respeito a uma abordagem "ecológica" para a análise de performances musicais em particular e música em geral.
 
John Rink é Professor de Estudos de Performance Musical na Universidade de Cambridge, diretor de Estudos em Música no St John's College, e diretor do Cambridge Centre for Musical Performance Studies and Cambridge Digital Humanities. Rink trabalha nos campos de estudos de Chopin, estudos de performance, análise musical e musicologia digital.
 
_ _ _ 
 
Todo o programa "Arte & Ecologia" > AQUI
 

Pages

Partilhe/Share